Como rezar o terço: Terço de São Miguel, da Libertação, das Santas Chagas e mais!

0
4

Mesmo sendo algo tradicional no catolicismo, nem todo mundo sabe como rezar o terço corretamente.

Se você deseja aprender esta prática religiosa para melhorar suas orações no dia a dia ou oferecer um terço a alguém ou alguma causa, acompanhe o texto a seguir para aprender a rezar o terço!


Como rezar o terço

Passo a passo para iniciantes: Como rezar o terço?

  1. Faça o Sinal da Cruz:

“Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.”

 

  1. Reze o Credo:

“Creio em Deus Pai Todo-Poderoso,


criador do Céu e da Terra;

e em Jesus Cristo, Seu único Filho, nosso Senhor;

que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;

nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos,

foi crucificado, morto e sepultado;

desceu à mansão dos mortos;

ressuscitou ao terceiro dia;

subiu aos Céus, está sentado à direita

de Deus Pai Todo-Poderoso,

donde há-de vir a julgar os vivos e os mortos.

Creio no Espírito Santo, na santa Igreja Católica,

na comunhão dos santos, na remissão dos pecados,

na ressurreição da carne, na vida eterna.

Amém.”

 

  1. Reze 1 vez o Pai Nosso:

“Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome.

Venha a nós o Vosso Reino.

Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje.

Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.

E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

Amém.”

 

  1. Reze 3 vezes a Ave Maria:

“Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém.”

 

  1. Reze 1 Glória ao Pai:

“Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.

Assim como era no princípio, agora e sempre.

Amém.”

 

  1. Reze 1 Pai Nosso (para as bolinhas maiores do terço);

 

  1. Reze 10 Ave Marias (para as bolinhas menores entre as maiores do terço);

 

  1. Reze 1 Glória ao Pai;

 

  1. Reze a oração abaixo:

“Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

Ó meu Jesus, perdoai-nos e livrai-nos do fogo do inferno,

Levai as almas todas para o Céu

e socorrei principalmente as que mais precisarem.”

 

  1. Prossiga com as bolinhas do terço, repetindo os passos 6, 7, 8 e 9;

 

  1. Ao final do terço, reze 1 vez a Salve-Rainha:

“Salve Rainha, mãe de misericórdia,

vida, doçura e esperança nossa, salve.

A Vós bradamos os degredados filhos de Eva;

a Vós suspiramos gemendo

e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois, Advogada nossa,

esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei.

E depois deste desterro nos mostrai Jesus,

bendito fruto do vosso ventre.

Ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria.

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus,

para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Amém.”

Extra: Desenho explicando como rezar o terço

Quer entender melhor? Acompanhe na imagem abaixo a oração que deve ser feita ponto a ponto no seu terço. Dica: Para rezar certinho, coloque a imagem do pingente acima da cruz de frente para você.

Desenho explicando como rezar o terço

Como rezar o terço de São Miguel de Arcanjo?

O terço de São Miguel de Arcanjo é conhecido como uma poderosa oração para proteção e libertação. É um terço que pode ser feito sozinho ou por um grupo de pessoas que têm objetivos em comum. Conheça o terço completo de São Miguel de Arcanjo a seguir:

Sobre o crucifixo, diz-se:

V: Deus, vinde em nosso auxílio.

R: Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

Glória ao Pai…

 

Depois, deixando para o fim as quatro contas que seguem a medalha, toma-se a primeira conta grande do Terço e reza-se a primeira saudação.

 

Primeira saudação

Saudamos o primeiro coro dos Anjos pedindo, pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Serafins, para que o Senhor nos torne dignos de ser abrasados de uma perfeita caridade. Amém.

 

Sobre as contas grandes:

São Miguel Arcanjo, Príncipe da Milícia Celeste, tu que foste escolhido para vencer as forças do mal, tu perante quem todo o inimigo recua, vem ajudar-nos, vem proteger-nos.

Expulsa para longe tudo o que poderá dificultar o nosso caminho na Fé e Santidade.

Com a tua espada atravessa o flanco daquele que quer afastar-nos da nossa Mãe, a Santíssima Virgem Maria, e leva-nos sempre junto do nosso Pai Celeste, lá, onde devemos morar como herdeiros do Reino. Amém.

 

– Credo

– Pai Nosso

– Ave Maria (3x )

– Glória ao Pai

 

Sobre as contas pequenas:

São Miguel Arcanjo, Príncipe da Milícia Celeste, protege-nos, defende-nos, vem em nosso socorro. Amém.

 

Segunda saudação

Saudamos o segundo coro dos Anjos pedindo, pela intercessão de São Miguel e dos coros celestes dos Querubins, para que o Senhor nos conceda a graça de fugir do pecado e procurar a perfeição cristã. Amém.(Uni Pai-nosso e três Ave-Marias; Glória ao Pai…)

 

Terceira saudação

Saudamos o terceiro coro dos Anjos pedindo, pela intercessão de São Miguel e do coro celeste dos Tronos, para que Deus derrame em nosso coração o Espírito de verdadeira e sincera humildade. Amém.(Um Pai-nosso e três Ave-Marias, Glória ao Pai…)

 

Quarta saudação

Saudamos o quarto coro dos Anjos pedindo, pela intercessão de São Miguel e do coro celeste das Dominações, para que o Senhor nos conceda a gra­ça de dominar nossos sentidos e de nos corrigir de nossas más paixões. Amém. (Um Pai-nosso e três Ave-Marias; Glória ao Pai…)

 

Quinta saudação

Saudamos o quinto coro dos Anjos pedindo, pela in­tercessão de São Miguel e do coro celeste das Potes­tades, para que o Senhor se digne proteger nossas almas contra as ciladas e tentações do demônio. Amém. (Um Pai-nosso e três Ave-Marias; Glória ao Pai…)

 

Sexta saudação

Saudamos o sexto coro de Anjos pedindo, pela in­tercessão de São Miguel e do coro admirável das Virtudes, para que o Senhor não nos deixe cair em tentação, mas que nos livre de todo mal. Amém. (Um Pai-nosso e três Ave-Marias; Glória ao Pai…)

 

Sétima saudação

Saudamos o sétimo coro dos Anjos pedindo, pela in­tercessão de São Miguel e do coro celeste dos Princi­pados, para que o Senhor encha nossas almas do Es­pírito de uma verdadeira e sincera obediência. Amém.(Um Pai-nosso e três Ave-Marias; Glória ao Pai…)

 

Oitava saudação

Saudamos o oitavo coro dos Anjos pedindo, pela in­tercessão de São Miguel e do coro celeste dos Arcan­jos, para que o Senhor nos conceda o dom da perse­verança na fé e nas boas obras, a fim de que possa­mos chegar a possuir a glória eterna do Paraíso. Amém. (Um Pai-nosso e três Ave-Marias; Glória ao Pai…)

 

Nona saudação

Saudamos o nono coro dos Anjos pedindo, pela inter­cessão de São Miguel e do coro celeste de todos os Anjos, para que sejamos guardados por eles nesta vida mortal e por eles conduzidos à glória eterna do Céu. Amém. (Um Pai-nosso e três Ave-Marias, Gló­ria ao Pai…)

 

Oremos (depois das cinco dezenas):

Deus todo-poderoso e eterno, que, por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos ho­mens, escolhestes para príncipe de Vossa Igreja, o glorioso Arcanjo São Miguel;

tornai-nos dig­nos de ser preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que na hora de nossa morte nenhum deles nos possa inquietar. São Miguel Arcanjo, contigo, pela graça de Deus Pai, nós queremos gritar no Céu:

“Quem como Deus?!” Ajuda-nos a escolhermos sempre o bem e afastar para longe de nós tudo o que é mal, tudo o que possa ferir o coração de Deus.

Ajuda-nos a ser dignos do nosso batismo, a fim de que no dia querido, podermos reinar junto do nosso Pai e rezar pelas almas que se afastem do Reino de Deus.  

São Miguel Arcanjo, nós temos confiança em Ti, nós cremos em todo o poder que Deus te deu para salvar as almas e vencer as forças do mal. Amém.

 

Ao final, reza-se:

Um Pai-nosso em honra de São Miguel Arcanjo.

Um Pai-nosso em honra de São Gabriel.

Um Pai-nosso em honra de São Rafael.

Um Pai-nosso em honra de nosso Anjo da Guarda.

 

Recitar: Glorioso São Miguel, chefe e príncipe dos exér­citos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo, vós, cuja excelên­cia e virtude são eminentíssimas, dignai-vos livrar-nos de todos os males, nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei por vossa incomparável proteção que nos adiantemos cada dia mais na fide­lidade e na perseverança em servir a Deus.

 

V: Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.

R: Para que sejamos dignos de suas promessas.

 

Jaculatórias

Rogai por nós, bem-aventurado São Miguel, prínci­pe da Igreja de Jesus Cristo, para que sejamos dig­nos de suas promessas.

Ó Luminares radiosos do Céu, exército triunfante da Corte Celeste, assisti a Santa Igreja e dai-lhe vitória sobre todos os seus inimigos.

Ó Coros admiráveis da hierarquia celeste, que servis a Deus no Céu e na Terra opondo-vos ao mal, fazei que o bem triunfe sempre em nome de Deus Trino. Amém.

Como rezar o terço da Divina Misericórdia?

O terço da Divina Misericórdia é indicado para aqueles que buscam atingir o perdão divino, seja por conta de algum ato específico cometido ou por pecados capitais da sociedade no geral. Para aprender o terço da Divina Misericórdia, acompanhe as orações a seguir:

 

“Pai-Nosso

Pai Nosso, que estais no Céu, santificado seja o Vosso Nome; venha a nós o Vosso Reino; seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no Céu; o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

 

Ave-Maria

Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós os pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

 

Creio

Creio em Deus-Pai Todo Poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus; está sentado à direita de Deus Pai Todo Poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo,

na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

 

* Nas contas grandes:

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade do Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

 

* Nas contas pequenas:

Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

 

* No fim do Terço diz-se três vezes:

Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.”

Como rezar o terço das Santas Chagas de Jesus?

Conheça a seguir este poderoso terço dedicado ao sacrifício de Jesus para conosco. O recomendado é rezar todas as noites com sua família, mas pode rezar sozinho também. Conheça este terço a seguir:

 

Pegar na cruz do Rosário, rezar o Credo e depois dizer:

“Deus, vinde em nosso auxílio. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos! Glória!”

 

Oração:

Na primeira conta grande: “Oh! Jesus, Divino Redentor, tende Misericórdia de nós e do mundo inteiro.”

Na primeira conta pequena: “Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.”

Na segunda conta pequena: “Graça, Misericórdia, Meu Jesus; nos perigos presentes, cobri-nos com Vosso preciosíssimo Sangue.”

Na terceira conta pequena: “Eterno Pai, tende Misericórdia de nós, pelo Sangue de Jesus Cristo, Vosso Filho Unigênito, tende Misericórdia de nós, Vos suplicamos. Amém.”

 

Contas grandes (no lugar do Pai Nosso):

“Eterno Pai, eu Vos ofereço as santas Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo; Para curar as de nossas almas.”

 

Contas pequenas (no lugar da Avé Maria):

“Meu Jesus, perdão e misericórdia: Pelos méritos de Vossas Santas Chagas.”

 

Ao terminar o rosário, deve rezar três vezes:

“Eterno Pai, eu Vos ofereço as Santas Chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo; Para curar as de nossas almas. Amém.”

Como rezar o terço dos Mistérios Gozosos (da alegria)?

O terço dos Mistérios Gozosos deve ser rezado sozinho ou em grupo tradicionalmente nas segundas-feiras e sábados. Este é um terço que nos faz refletir sobre a vida e sobre a alegria de ter Jesus conosco.

Na Cruz:

Oferecimento:

 

Divino Jesus, eu vos ofereço este terço (Rosário) que vou rezar, contemplando os mistérios de nossa Redenção. Concedei-me, pela intercessão de Maria, vossa Mãe Santíssima, a quem me dirijo, as graças necessárias para bem rezá-lo para ganhar as indulgências desta santa devoção.

(Pode-se acrescentar o que segue, e também intenções particulares: Ofereço-Vos também em reparação aos Corações de Jesus e Maria, nas intenções do Imaculado Coração de Maria, nas intenções do Santo Padre, pelo Santo Padre e por toda a Igreja, pela santificação do clero e das famílias, pelas vocações sacerdotais, religiosas, missionárias e leigas, pela Paz no mundo, pelo Brasil.)

 

Reze o Credo.

 

1a. Conta: Pai Nosso

2a. Conta: Ave-Maria

3a. Conta: Ave-Maria

4a. Conta: Ave-Maria

5a. Conta: Glória

 

No Primeiro Mistério Gozoso contemplamos a Anunciação do Anjo a Nossa Senhora.

1 Pai Nosso

10 Ave-Maria

Glória

 

No Segundo Mistério contemplamos a Visitação de Nossa Senhora a sua prima Santa Isabel.

1 Pai Nosso

10 Ave-Maria

Glória

 

No Terceiro Mistério contemplamos o Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo em Belém.

1 Pai Nosso

10 Ave-Maria

Glória

 

No Quarto Mistério contemplamos a Apresentação do Menino Jesus no Templo e a Purificação de Nossa Senhora.

1 Pai Nosso

10 Ave-Maria

Glória

 

No Quinto Mistério contemplamos a perda e o encontro do Menino Jesus.

1 Pai Nosso

10 Ave-Maria

Glória

 

Finalize com uma Salve-Rainha.”

Como rezar o terço da libertação?

O terço da Libertação é indicado para quem busca ser curado ou libertado de algum problema de saúde, tanto física quanto psicológica. É ideal para orar por si mesmo ou pelo outro, a fim de alcançar milagres de cura. Ore o terço da libertação seguindo a ordem abaixo:

 

1º Passo – Reze o Credo:

“Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu na Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos,

foi crucificado morto e sepultado; desceu aos infernos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo,

na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.”

 

2º Passo – Nas contas menores (da Ave Maria) reze:

Opção para você mesmo: “Jesus tem piedade de mim! Jesus cura-me! Jesus salva-me! Jesus liberta-me!”

Opção para várias pessoas: “Jesus tem piedade de nós! Jesus cura-nos! Jesus salva-nos! Jesus liberta-nos!”

Opção para alguém em especifico: “Jesus tende piedade de “nome da pessoa”! Jesus cura “nome da pessoa”! Jesus salva “nome da pessoa”! Jesus liberta “nome da pessoa”!”

 

3º Passo – Nas contas maiores (do Pai Nosso) reze:

Opção para você mesmo: “Se Jesus me libertar, serei verdadeiramente livre!”

Opção para várias pessoas: “Se Jesus nos libertar, nós seremos verdadeiramente livres!”

Opção para alguém em especifico: “Se Jesus libertar “nome da pessoa”, ele(a) será verdadeiramente livre!”

 

4º Passo – Finalize o terço orando a Salve Rainha:

“Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura, esperança nossa, salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva. A vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois, advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro nos mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre. Ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.”

Como rezar o terço meditando?

A prática de rezar o terço nada mais é que meditar sobre o evangelho de Cristo. Sendo assim, para refletir e amadurecer suas orações durante o terço, perceba o significado de cada palavra e sentença dita nas orações, e não leia ou fale tudo de forma automatizada.

De acordo com o mistério que você está rezando ou devoção a algum Santo ou arcanjo, procure absorver cada palavra, cada sentimento e contemple o melhor da oração, esteja sozinho ou em grupo.

Uma ótima para as orações em grupo é refletir sobre a beleza das orações feitas ao final do terço. Meditar sobre as orações é a forma mais sincera e eficaz de rezar um terço.

Como rezar o terço: Terço de São Miguel, da Libertação, das Santas Chagas e mais!
Se você crê, assim como nós, deixe sua avaliação
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here