Oração para não engravidar: Aprenda uma poderosa oração

0
7

Ser mãe pode não ser seu desejo. E tudo bem com isso e independe dos motivos que você tem, ninguém tem a ver com eles. Existem os métodos contraceptivos que possuem eficiência comprovada para evitar gravidez indesejada.


No entanto, a fé se torna uma aliada na prevenção. Estamos falando da prática de simpatia para não engravidar!

Oração para não engravidar

Oração para não engravidar


Não existem simpatias específicas para evitar que você fique grávida, mas há uma oração poderosíssima para demonstrar toda sua fé e devoção!

Essa oração em questão é a que está descrita logo abaixo:

Mãe querida, Nossa Senhora Aparecida

Oh Santa Rita de Cássia

Oh meu glorioso São Judas Tadeu

Protetor das causas impossíveis Santo Expedito, o santo da última hora e

Santa Edwiges, a santa dos necessitados

Intercedei junto ao pai por mim

Que minha menstruação desça hoje ainda

Por clemência eu não posso estar grávida e nem continuar

Eu vos glorifico e vos louvo

Sempre curvar-me-ei diante de vós

Rezar 1 Pai Nosso e 3 Ave-Marias

Confio em Deus com todas as minhas forças

Peço que ilumine meu caminho e minha vida

Amém.

Lembre-se de rezar com total dedicação para que a graça seja alcançada!

Métodos contraceptivos: quais são e como funcionam?

Além de usar a fé como um artifício para não engravidar, você obviamente precisa levar em consideração o que a medicina desenvolve para você não ter filhos em momentos indesejados ou mesmo para evitar quaisquer doenças sexualmente transmissíveis.

Seja você ainda adolescente ou já mulher, o método contraceptivo ideal é aquele que mais irá se adaptar ao seu organismo e que o ginecologista considerar adequado!

Saiba quais são os métodos contraceptivos mais conhecidos e utilizados e entenda como eles funcionam:

  • Pílula anticoncepcional:

É o método mais conhecido, em especial pela indicação de ser usado a partir da primeira menstruação. A pílula é considerada um método hormonal, isto é, serve para controlar ou interromper a ovulação, de modo a evitar a gravidez por meio da influência que os hormônios (como o estrogênio e progesterona) terão no seu corpo.

Em geral, a recomendação é a ingestão de um comprimido da pílula diariamente por um certo número de dias, que pode variar entre 21 e 28 para depois iniciar uma nova cartela.

Existem os anticoncepcionais com pausa ou os diretos, isto é, você faz uma pausa para que ocorra a menstruação, ou complementa uma cartela com a outra, interrompendo a menstruação.

  • Contraceptivo injetável:

Esta outra opção tem um funcionamento similar ao anticoncepcional oral, porém sua aplicação acontece mensal ou trimestralmente.

Um profissional de saúde é o responsável pelas aplicações e tem a recomendação a partir dos 16 anos.

  • Mirena:

É conhecido por ser um dos métodos com maior eficiência, sendo que sua colocação é feita pelo médico ginecologista. Parecido com o DIU (Dispositivo Intrauterino), o Mirena libera uma pequena quantidade de hormônios, impedindo que haja uma gestação.

Sua duração é longa: pode ficar dentro do útero por até 5 anos.

  • DIU:

É um método anticoncepcional que dura ainda mais que o Mirena: até 10 anos de prevenção de uma gravidez indesejada, dependendo do tipo utilizado. A colocação do DIU, também pelo médico ginecologista, faz com que o seu organismo reaja como se esse dispositivo fosse um corpo estranho.

Por consequência disso, o corpo cria uma inflamação no útero para impedir que os espermatozoides se fixem. O dispositivo tem formato de “T” e tem eficácia girando em torno dos 99%.

  • Diafragma:

É um método de barreira, isto é, não é um método hormonal para inibir uma gravidez. O diafragma é, na realidade, um anel flexível que é revestido de borracha e tem a finalidade de bloquear a entrada dos espermatozoides no útero.

O anel deve ser colocado antes das relações sexuais e ser retirado algumas horas após.

  • Camisinha (masculina e feminina):

É o método mais utilizado no planeta inteiro, muito embora a camisinha feminina não seja tão comum como a masculina. A eficiência das dos homens é maior do que a feminina, mas ambas possuem o benefício de proteger contra as doenças sexualmente transmissíveis e não possuem contraindicações.

Sugere-se o uso da camisinha mesmo com o uso de pílulas anticoncepcionais justamente por esse cuidado quanto às DSTs.

Para decidir o método contraceptivo para seu caso, pense na eficácia, nas vantagens e desvantagens, bem como os preços e a própria comodidade que cada um oferece. É claro que a combinação de mais de um método aumenta seu efeito protetivo – converse com seu médico sobre estas possibilidades!

E não esqueça: faça a oração para não engravidar para ter aquela ajudinha extra, está bem?

Oração para não engravidar: Aprenda uma poderosa oração
Se você crê, assim como nós, deixe sua avaliação
Recomendamos para você
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here